O último desafio do ano.

desafioschoolembassyDepois de lhe termos oferecido o mais verdadeiro presente de natal, desafiamos o gladiador que há em si a superar um duelo incrível: competir com os brinquedos que o seu filho recebeu no natal. Agarre-o.

Já publicámos antes algumas destas brincadeiras irresistíveis, que vão reforçar a conexão ente adultos e graúdos lá em casa. Se ainda não experimentou, aproveite para praticar nos próximos dias, e diga-nos se valeu a pena.

  1. Escondam-se juntos para assustar alguém. Para resultar, deve ser planeado. Nem todos os lugares lá em casa têm espaço para um corpo grande e um pequeno, a vibrar de excitação. E lembre-se: o riso é contagioso.
  2. Invente um conto para o seu filho e registe-o. Poderá incluir-vos nas personagens, ou simplesmente inventar tudo de raiz. Se julgar que não é capaz, comece por uma história simples. Se o seu filho pedir mais, escreva um livro de contos, ilustre-o como souber, e terá o presente perfeito.
  3. Saltem no sofá ou no colchão. Quando o seu filho perceber que tem um gigante lá em casa, vai pedir-lhe muitas vezes para, ao seu colo, tocar o teto. E quando o gigante se desequilibrar e caírem os dois, vão chorar de rir.
  4. Cozinhem juntos, uma boa oportunidade para se divertirem e ao mesmo tempo quebrar tabus em relação a certos alimentos. Envolver as crianças no momento de preparar uma refeição é um passo importante para diminuir resistências.
  5. Ensine o seu filho a nadar. Aprender a nadar é uma competência básica, que depende sobretudo da confiança que se constrói em quem orienta essa aprendizagem. Tudo o que o seu filho vai querer fazer quando tirar a cabeça da água, é procurá-lo para se agarrar. Não vai querer perder isso pois não?
  6. Cantem muito alto a canção dos abraços. E abracem-se de facto sempre que a palavra “abraço” surgir na canção. Quando tiver netos, esse jogo ainda se há-de brincar lá por casa.
  7. Façam longos passeios no campo, de mão dada, sem destino nem horários. Pelo caminho, deixe-o parar para fazer coisas que as crianças de hoje fazem pouco: apanhar pedrinhas, folhas e ramos. Se a ideia surgir, façam corridas desta árvore até àquela ou até onde vos apetecer. Inspirem ar puro e gritem para ouvir o eco.
  8. Passear à chuva é incrivelmente divertido. Se não acredita, calcem as galochas, vistam o impermeável e façam tudo o que fariam se não chovesse, menos contornar as poças de água. Vai dar por si a encher o peito de ar e elevar o queixo para sentir a chuva molhar-lhe o rosto. Em casa, terminem com um banho quente.
  9. Inventem um gesto ou uma palavra secreta, só vossos. Pode significar o que quiserem, mas tem que permanecer segredo. Usem-no só por ter piada, ou simplesmente porque significa algo demasiado precioso para ser manifestado publicamente. Quando crescer, o seu filho vai achar exageradas todas as despedidas à porta da escola. Menos essa.

E o grande vencedor é…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *